AMIGOS QUE ME SEGUEM

EU O MUNDO, O MUNDO E EU

9 de dezembro de 2008

MENINO REI, POESIA DE NATAL


Desde que, eu bem menino,
venho escutando essa história,
que foi num dia de glória,
que o bom anjo apareceu.

Flutuou sobre Maria,
causando-lhe muito espanto,
e também no seu bom homem,
um Tal chamado José.

Uma voz, e sons de clarins,
anunciou a novidade:
- Ó mulher, Ó virgem imaculada!
- Daqui a nove luas, mãe tu será.

- Não há como ter recusas,
pois é Ele, Deus quem te usa,
escutai virgem santa escolhida,
Dele, o santo filho terás.

Então, antes de alçar vôo ao céu,
abrindo suas asas qual um manto.
num abraço fraterno, deu-lhes graça,
- Eis, Maria e José, divinos santos!

Passaram-se as nove luas prometidas.
Era chegada à hora santa, afinal.
Acordou José de sobressalto,
Disse ele: - Tive um sinal!

Novamente apareceu o anjo em sonho.
- Bendito. Seja bendito o Arcanjo!
Impondo-lhe a mais breve partida,
para a cidade de Belém.

Pressentindo ele um mau augúrio,
pelas notícias de um rei maldito e rico,
fugiram adentrando o deserto,
José, Maria, e o burrico.

A noite já se fazia tarde,
no firmamento estrelas correndo ao léu,
mas uma... especialmente aquela,
jazia parada no céu.

Era o esperado sinal divino,
aguardado pelos viajantes na estrada,
indicando qual era o local exato,
do natal, do nosso Rei Menino.

Naquela... na noite do nascimento,
cansados da tão grande jornada,
Maria disse a José:
- Meu Deus! A hora é chegada.

O casal recolheu-se num estábulo,
no conforto do calor dos animais,
nasceu o menino Deus,
o poeta máximo do Amor.

Jesus. O mensageiro da Paz.

6 comentários:

ANTONIO CAMBETA disse...

Estimado Irmão e Ilustre Poeta Zé, aqui estou sempre presente, lendo este seu maravilhoso poema que nos conta em poesia o nascimento de JESUS, lindo, esse dia em a Luz divina desceu sobre a Terra está prestes a ser comemorado, e nada melhor que esta forma sublime de descrever esse acto.

Rogo a Deus pelas suas melhoras.

Um abraço cheio de carinho e amizade deste irmão que lhe deseja tudo do melhor.

ANTONIO CAMBETA disse...

Muito o Poeta tem feito
pelo país Canarinho
a poesia trás no peito
com todo o Amor e Carinho

Um Poeta de primeira
a todos faz sambar
é o Irmão Zé Silveira
que devemos Agradecer e Louvar

Está passando um mau momento
com sua saúde a fraquejar
DEUS lhe dei foraças e alento
para seu mal sanar

Na poesia ligados estamos
e através dela imploro e rezo
que a nossa amizade fortaleçamos
pois pelo Irmão e Poeta muito prezo

Que continue escrevendo
esse poema magistrais
para que nós os possamos ir lendo
e suas palavras não esqueçamos jamais.

Um abraço Irmão Zé e um feliz Natal, cheio de Amor, Paz e muita Saúde.

Conceição Bernardino disse...

Olá
Melhor do que todos os presentes em baixo da árvore de natal é a presença de uma família feliz. Ainda que se percam outras coisas ao longo dos anos, mantenhamos o Natal como algo brilhante. …. Regressemos a nossa fé infantil.
(Grace Noll Crowell) Beijo
Conceição Bernardino

Mariney disse...

BELÍSSIMO...PARABÉNS!!!!... e um dulcíssimo Natal p´ra vc e sua família...

Conceição Bernardino disse...

"O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
(Fernando Pessoa)
Venho desejar um Feliz Ano Novo e dizer que no ano de 2009 estarei mais presente no teu Blog.
Conceição Bernardino

O mar me encanta completamente... disse...

Querido poeta!!
Que maravilha te ler aqui também.
Teu cantinho é lindo e aconchegante.
E teu poema, não poderia ser diferente,inteligente e sensível.
Amei a forma como falou do Menino Deus, que se fez um de nós, nascendo naquela manjedoura humilde, mesmo sendo Rei.

Que sua luz ilumine seu caminho no proximo ano e toda a vida.

Meu carinho

Glória

P R Ê M I O D A R D O S

P R Ê M I O     D A R D O S
Agradeço esta distinção significativamente importante. Pelo prêmio em si, incentivador, assim como; pelo grande prazer de eu ter sido indicado a recebê-lo por iniciativa da poetisa Helen De Rose, que vê no meu trabalho, a possibilidade das minhas modestas contribuições crescerem em prol da escrita, pelos contos, prosas e poesias.

EDIÇÕES, PREMIAÇÕES

'ANTOLOGIA' - "TRAGO-TE UM SONHO NAS MÃOS"

Poesia infantil: Plum, Ploc, Trec, Blem... Viva!

Poesia infantil: Fadas meninas

Poesia infantil: O nariz do pirilampo

Temas Originais Editora - Coimbra, Portugal, 2010



ANTOLOGIA DOS 7 PECADOS

Sobre a 'GULA' : Beijo, Goiabada e queijo

ESAG - Edição BlogToh - Barcelos - Portugal, 2010




ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS - 49° Volume

Poesia: Faço poesia porque eu não posso dizer que te amo

http://www.camarabrasileira.com.pc49.htm/ - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS – 46° Volume

Poesia: “Tango a La Rubra Rose” - 2008

www.camarabrasileira.com/pc46.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE POEMAS DEDICADOS Edição - 2008

Poesia: “Escrita vazia” - 2008
www.camarabrasileira.com/poemasdedicados2008.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE CONTOS FANTÁSTICOS -14° Volume Conto: “O mar está pra peixe, feliz Ano Novo” - 2008

www.camarabrasileira.com/contosfantasticos14.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA POÉTICA, POESIA DA METRÓPOLE

Poesia: "Comparação" - 1991


Litteris Editora - Rio de Janeiro - RJ



DECLARAÇÃO DE AMOR

'Prefácio' , 2010

Câmara Brasileira e Jovens Editores - Rio de Janeiro - RJ



EPISÓDIOS GEOMÉTRICOS (O Livro das Crônicas)

'Posfácio' , 2011

Temas Originais Editora - Coimbra - Portugal



I ENCONTRO DE ESCRITORES - ANDEF
'Palestrante', 2010
Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos

ENTREVISTAS - MENÇÃO QUALIDADE PROSA FEVEREIRO 2009

Site de Poesia

Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos

Site de Poesia

Buffering...