AMIGOS QUE ME SEGUEM

EU O MUNDO, O MUNDO E EU

25 de março de 2008

AMPULHETAS


Vindo
Da direção
Do infinito.
O eco das palavras.

Eis a mensagem vaga
Do seu tempo.
Ao Homem artífice
Do seu próprio tempo.

O Mago e sua magia,
Pênsil num receptáculo,
Faz perpassar a fina areia.
Heranças de vida.

E eu,
Epígono,
O Ser ungido nos astros
Pelas mãos dos Mestres.

Pendo a cabeça.
Em reverência
Doou-me,
Para que doas.

Uma lição de amor
Depois do “ser”.
Que cada qual,
Feliz é em seu tempo.

Caindo no fundo do cristal
Em escumilha,
Dita o destino,
Marca o tempo.

Inverte e reinicia.

Anoso episódio
De manipulação do tempo.
Tendo nas mãos
As ampulhetas.

Um comentário:

Helen De Rose disse...

Olá querido poeta, estou aqui lendo e relendo seus versos, pois todos eles tem um significado especial pra mim e vc sabe pq. Estou aqui sem palavras pra te comentar. Olha o que vejo: o distino do verbo; uma mensagem sutil da passagem do tempo; num tocar das mãos faz o encantamento; e o homem discipulo pensador (de Pérgamo?), ciente de toda sabedoria, numa saudação e atitude de doação, antes que o tempo termine, terminando sua missão, simbolizando ciclos cabalisticos do tempo em manipulação do poder que lhe concede a ampulheta....por que será que estou tão emocionada aqui...obrigada José por esse momento mágico de leitura...bjos no seu coração generoso poeta!(para sempre de recordação)

P R Ê M I O D A R D O S

P R Ê M I O     D A R D O S
Agradeço esta distinção significativamente importante. Pelo prêmio em si, incentivador, assim como; pelo grande prazer de eu ter sido indicado a recebê-lo por iniciativa da poetisa Helen De Rose, que vê no meu trabalho, a possibilidade das minhas modestas contribuições crescerem em prol da escrita, pelos contos, prosas e poesias.

EDIÇÕES, PREMIAÇÕES

'ANTOLOGIA' - "TRAGO-TE UM SONHO NAS MÃOS"

Poesia infantil: Plum, Ploc, Trec, Blem... Viva!

Poesia infantil: Fadas meninas

Poesia infantil: O nariz do pirilampo

Temas Originais Editora - Coimbra, Portugal, 2010



ANTOLOGIA DOS 7 PECADOS

Sobre a 'GULA' : Beijo, Goiabada e queijo

ESAG - Edição BlogToh - Barcelos - Portugal, 2010




ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS - 49° Volume

Poesia: Faço poesia porque eu não posso dizer que te amo

http://www.camarabrasileira.com.pc49.htm/ - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS – 46° Volume

Poesia: “Tango a La Rubra Rose” - 2008

www.camarabrasileira.com/pc46.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE POEMAS DEDICADOS Edição - 2008

Poesia: “Escrita vazia” - 2008
www.camarabrasileira.com/poemasdedicados2008.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE CONTOS FANTÁSTICOS -14° Volume Conto: “O mar está pra peixe, feliz Ano Novo” - 2008

www.camarabrasileira.com/contosfantasticos14.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA POÉTICA, POESIA DA METRÓPOLE

Poesia: "Comparação" - 1991


Litteris Editora - Rio de Janeiro - RJ



DECLARAÇÃO DE AMOR

'Prefácio' , 2010

Câmara Brasileira e Jovens Editores - Rio de Janeiro - RJ



EPISÓDIOS GEOMÉTRICOS (O Livro das Crônicas)

'Posfácio' , 2011

Temas Originais Editora - Coimbra - Portugal



I ENCONTRO DE ESCRITORES - ANDEF
'Palestrante', 2010
Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos

ENTREVISTAS - MENÇÃO QUALIDADE PROSA FEVEREIRO 2009

Site de Poesia

Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos

Site de Poesia

Buffering...