AMIGOS QUE ME SEGUEM

EU O MUNDO, O MUNDO E EU

31 de julho de 2007

MUDANÇAS - Série: Por Aí aQui e aLi

Mudaste,
Aquietou-se por mim.
Sinto que mudaste!
Não que outros notassem.
Mas mudastes!
Nada de bom ou mal fizeste
Para que eu reparasse,
Mas mudaste!
Tanto de mim esperas,
Sem pranto, sem acalanto,
Anciosa, acuada nesse espaço,
Como quem apaixonada,
Paciente, bela, benevolente.
A espera do meu voltar, sente,
O chegar de uma notícia,
Mesmo tarde, mas que fosse,
Um bilhete, um email, um alô,
Não somente no outro dia,
Mas sim, naquele breve instante,
Que dispunha esperar.
Esperar, esperar, sem desesperar.
Deixo triste minha mulher menina.
Me condeno, por estar só, murmuro.
Percebo que estou longe, grito
"Também te espero muito, e aos prantos,
Vivo capisbaixo e pelos antros,
Tenho saudade de você, e canto".
Sou predestinado aos desencantos,
Que quando eu volto, é sem notar.
Com frio na alma, razão nua, sem manto.
Sigo meu caminho interminável,
Vai clareando a cada passo,
Anunciando o meu chegar,
Vendo mudar essa espera triste,
Sendo arrastada pela certeza,
Para um lindo reencontrar.
Vou envolvê-la em meus braços,
E depois de um longo abraço,
Sentirás dos meus lábios os traços,
A recompensa do esperar.

Um comentário:

Maria Clara disse...

Parabéns,foi a mais perfeita mensagem que já li.

Voce me chorar...

P R Ê M I O D A R D O S

P R Ê M I O     D A R D O S
Agradeço esta distinção significativamente importante. Pelo prêmio em si, incentivador, assim como; pelo grande prazer de eu ter sido indicado a recebê-lo por iniciativa da poetisa Helen De Rose, que vê no meu trabalho, a possibilidade das minhas modestas contribuições crescerem em prol da escrita, pelos contos, prosas e poesias.

EDIÇÕES, PREMIAÇÕES

'ANTOLOGIA' - "TRAGO-TE UM SONHO NAS MÃOS"

Poesia infantil: Plum, Ploc, Trec, Blem... Viva!

Poesia infantil: Fadas meninas

Poesia infantil: O nariz do pirilampo

Temas Originais Editora - Coimbra, Portugal, 2010



ANTOLOGIA DOS 7 PECADOS

Sobre a 'GULA' : Beijo, Goiabada e queijo

ESAG - Edição BlogToh - Barcelos - Portugal, 2010




ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS - 49° Volume

Poesia: Faço poesia porque eu não posso dizer que te amo

http://www.camarabrasileira.com.pc49.htm/ - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS – 46° Volume

Poesia: “Tango a La Rubra Rose” - 2008

www.camarabrasileira.com/pc46.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE POEMAS DEDICADOS Edição - 2008

Poesia: “Escrita vazia” - 2008
www.camarabrasileira.com/poemasdedicados2008.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA DE CONTOS FANTÁSTICOS -14° Volume Conto: “O mar está pra peixe, feliz Ano Novo” - 2008

www.camarabrasileira.com/contosfantasticos14.htm - Rio de Janeiro - RJ



ANTOLOGIA POÉTICA, POESIA DA METRÓPOLE

Poesia: "Comparação" - 1991


Litteris Editora - Rio de Janeiro - RJ



DECLARAÇÃO DE AMOR

'Prefácio' , 2010

Câmara Brasileira e Jovens Editores - Rio de Janeiro - RJ



EPISÓDIOS GEOMÉTRICOS (O Livro das Crônicas)

'Posfácio' , 2011

Temas Originais Editora - Coimbra - Portugal



I ENCONTRO DE ESCRITORES - ANDEF
'Palestrante', 2010
Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos

ENTREVISTAS - MENÇÃO QUALIDADE PROSA FEVEREIRO 2009

Site de Poesia

Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos

Site de Poesia

Buffering...